Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Ex-ator de Malhação abandona carreira para ser pastor: “Deixei tudo para andar com Jesus” - Rádio Vox Play

Fale conosco via Whatsapp: +55 43 9 9905-6031

No comando: Desfrute Deus (Reprise)

Das 00:00 às 02:00

No comando: Saudade

Das 05:00 às 07:00

No comando: Café com Deus

Das 06:30 às 06:35

No comando: Palavra do Pastor

Das 07:00 às 07:15

No comando: Caminhos da Verdade

Das 07:00 às 07:15

No comando: Tempo com Deus

Das 07:00 às 07:15

No comando: Mensagem para Hoje

Das 08:00 às 08:05

No comando: Sequencia Vox

Das 08:00 às 09:00

No comando: Você Sabia

Das 09:00 às 09:05

No comando: Desfrute Deus

Das 10:00 às 12:00

No comando: Sequencia Vox

Das 13:00 às 14:00

No comando: Ponto de Partida

Das 15:00 às 15:05

No comando: Sequencia Vox

Das 16:00 às 17:00

No comando: Finanças em Ação

Das 17:00 às 17:05

No comando: Fé e Sociedade

Das 18:00 às 18:05

No comando: Sequencia Vox

Das 19:00 às 20:00

No comando: Entendendo a Bíblia

Das 20:00 às 20:15

No comando: 180 Graus

Das 20:00 às 20:15

No comando: Através da Bíblia

Das 20:00 às 20:30

No comando: Atletas no Ar

Das 20:00 às 20:30

No comando: Na Contra Mão

Das 20:00 às 20:30

No comando: Rota 66

Das 20:00 às 20:30

No comando: Família Hoje

Das 21:00 às 21:05

No comando: Ilustrações do Reino de Deus

Das 22:00 às 22:15

No comando: Sequencia Vox

Das 22:15 às 23:00

Ex-ator de Malhação abandona carreira para ser pastor: “Deixei tudo para andar com Jesus”

Ademir Zanyor fez parte do elenco da primeira temporada da série juvenil, Malhação em 1995, quando fez o papel do professor de natação Israel.

Seu nome veio à tona após a publicação de uma foto publicada recentemente pelo ator e apresentador André Marques no Instagram, relembrando os bastidores de “Malhação”.

Ademir Zanyor aparece na foto ao lado de André Marques, Bussunda e Maria Paula. O ator, que deixou a carreira artística para se tornar missionário e pastor, comentou a foto publicada pelo amigo.

“Quando vi a foto relembrei vários momentos. Começaram a me mandar mensagens na internet pedindo a minha volta. Recebi ligações da família também. Aí me deu essa vontade. Estou disponível para trabalhar. Quero voltar a me alegrar decorando textos e me concentrando para as cenas. Hoje, estou muito mais maduro, centrado e equilibrado”, declarou o ator.

Aos 46 anos, Zanyor credita as mudanças em sua vida à religião. Ele conta que se tornou evangélico depois da morte de uma de suas irmãs, em 1998.

“Minha irmã, na época com 8 anos, descobriu uma leucemia e passou por um transplante de medula óssea. A imunidade ficou muito debilitada e ela não resistiu. Em todas as tentativas religiosas até então, eu não tinha encontrado Jesus. Aconteceu naquele momento de dor. Então, fui aceitando a palavra de Deus na minha vida. Continuei fazendo pequenos trabalhos e participações na TV, mas me dedicando cada vez mais à igreja. Essa passou a ser minha prioridade”, explica.

A partir daí, Zanyor começou a participar de missões evangélicas. Ele esteve em Angola e na Bolívia e visitou tribos indígenas no Mato Grosso do Sul. Também fez trabalhos em presídios, centros de recuperação de dependentes químicos e hospitais. Além disso, participou da fundação de uma igreja.

“Eu deixei tudo: meu trabalho, meus pais, meus irmãos, minha casa e até namorada para caminhar com Jesus. E tenho recebido muito como recompensa. Com a morte da minha irmã, nasci para o Evangelho. E, com minha renúncia, tenho feito outras pessoas nascerem para Deus”, conta.

Ministério

Zanyor mora há dez anos em Minas Gerais e hoje atua como pastor na Igreja Batista Getsêmani, em Belo Horizonte. Casado com Hélida, também pastora, que conheceu durante um trabalho missionário, o casal tem dois filhos: de Amanda, de 14 anos, e Hadassah, de 1 ano e 6 meses.

“Sou sustentado por Deus através da arrecadação da igreja. Prego nos cultos, dou apoio a pessoas em luto em cemitérios, visito hospitais, atendo a pedidos especiais de orações etc. Dou aula em seminários também. E tenho o artesanato como renda extra. Produzo relógios rústicos em madeira e trabalho com design. Recentemente, por exemplo, fiz a arte dos uniformes de uma barbearia”, disse Zanyor.

Ao longo dos últimos anos, ele diz ter recusado convites para trabalhar como ator por falta de tempo.

“Não pude atendê-los por não conseguir conciliar tudo. Mas tenho o desejo de voltar e já atualizei meu cadastro na Globo. Estou preparado, liberado, sem qualquer preconceito. Tenho minha convicção, mas respeito qualquer religião, qualquer pessoa, qualquer orientação sexual. Respeito o livre-arbítrio”, explicou.

Além de “Malhação”, Ademir Zanyor fez novelas como “A viagem”, “Kubanacan” e “Salsa e merengue”, na Globo, e “Fascinação”, no SBT.

Deixe seu comentário: